18 de outubro de 2011

Martin Luther King ao lado dois pais da nação norte-americana



Neste último domingo, 40 anos depois do seu assassinato, o líder negro Martin Luther King Jr.  teve seu legado reconhecido em Washington D.C. Ele ganhou um legítimo espaço no panteão dos heróis da nação estadunidense, no National Mall. O monumento de 9 metros é composto da imagem do pastor em relevo, dentro de uma rocha, em referência a um dos seus famosos discursos, no qual usou uma metáfora para explicar a luta pelos direitos civis “fora da montanha do desespero, uma rocha de esperança”.
O monumento foi inaugurado pelo presidente Barak Obama. O local escolhido é bastante especial. Somente os chamados “pais da nação” têm sua imagem naquele espaço. George Washington, Thomas Jefferson, Abraham Lincoln e Franklyn Roosevelt — todos ex-presidentes —, agora dividem sua glória com aquele que mudou a história do país, que até a década de 60 ainda tinha banheiros separados para negros e brancos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário